Igreja Matriz de Sepins

Dados do Património
Nome: Igreja Matriz de Sepins

Dedicado a S. João Baptista. É um templo de muito boas dimensões cujas origens remontam ao tempo do repovoamento do vale do Mondego, durante o séc. XI. Da Idade Média, contemporâneo do Condado Portucalense ou dos primeiros anos da Independência, no entanto da primitiva construção ficou apenas um gracioso tímpano de um portal, de estilo românico-condal, uma das mais importantes peças da estatuária nacional. Tem um pouco mais que um metro de largura e nele se vê Cristo em Magestade, sentado num cadeirão românico sob um arco, ladeado pelos símbolos tradicionais de dois Evangelistas ( a águia de S. João e o anjo de S. Mateus. Segundo a tradição, conservada através das palavras de uma lápide, estaria primitivamente datado de 1118.
 
O edifício actual resulta de ema reforma dos fins do século passado. Para além de duas pias de água benta manuelinas, assentes em mísulas  renascentistas. Da imaginária conservam-se diversas esculturas decategoria, de estilo gótico, a mais bela das quais é uma Senhora com o Menino, em pedra, datável da centúria de Quatrocentos, figurando Santo António , com peixes na base.
 
Fonte: Cantanhede a terra e suas gentes - Pedro Dias e J.V. da Silva Pereira p.80  e Tesouros Artísticos de Portugal.